Madeira for the first time

22.5.18
PT
Vou à Madeira pela primeira vez na vida. Que sonho. Obrigada à Emilie (cliquem para ver o site lindo!) que me desafiou e com quem tem sido um prazer trabalhar. Estou ansiosa por te dar um abraço Emelie.
Não caibo em mim de alegria 
Sinto-me abençoada, feliz.
Nunca fui à Madeira e que honra que é ir ensinar e partilhar a minha experiência!
Espero ver-vos lá!

Aqui fica o programa - ainda se podem inscrever. 
Contacto: 
info@emiliemangoni.com

Datas: 15, 16, 17 de junho
Programa:
Sexta-feira 15 Junho
19:30: Apresentação do livro Yoga-Me (Livre, aberto ao público)


Sábado 16 Junho
8h00 – 09h30: Prática de Ashtanga Yoga guiada
10h00: Break
11h- 12h30: Workshop Yoga
O que é o yoga?
Obstáculos à prática
Os 8 passos do Ashtanga Yoga
Relaxamento Final


Domingo 17 Junho
8h00 – 09h30: Prática de Ashtanga Yoga guiada
10h00: Break
11h- 12h30: Tristana Method Workshop
Círculo de encerramento

LOCAL:
Hotel GaloSol – Caniço de Baixo

Happy Mother´s Day ~ To The Roots Women's Retreat 🌸

6.5.18


PT

Hoje é dia da mãe. Um dia e todas nós, mães, mulheres, filhas, irmãs, guerreiras. Somos uma e uma somos um todo. Nós que damos vida, que cuidamos, que nutrimos, que alimentamos. 
É dia da maternidade e da fertilidade. 
A mais antiga comemoração do dia das mães é mitológica. Na Grécia antiga a entrada da primavera era festejada em honra de Rhea, a Mãe dos Deuses. Uma festa que honrava o costume de adorar a mãe.
Isis é a deusa egípcia cultuada como modelo da mãe e da mulher ideal, protetora da natureza e da magia. Ísis é a deusa da maternidade e da fertilidade.
Todos somos deusas, vamos celebrar o nosso poder de sermos mulheres. 
E porque o Universo é cheio de sabedoria recebi um presente que queria convidar e também celebrar. Um retiro dedicado a nós ao lado de uma sister linda que já seguia há muito e conheci agora no Bali spirit Festival. A Maria Terra, uma menina linda e poderosa com uma sabedoria incrível e um dom muito único de saber ser mulher no seu pleno. 
Este é um sonho que andava a querer. Um retiro dedicado a nós, mulheres, irmãs. Estão para lá de feliz. A Maria Terra é uma mulher fantástica que já sigo há muito tempo e que, claro, conheci em Bali. Ali ficou plantada a semente. Agora materelizou-se. As duas vamos criar um retiro de sonho com yoga, surf, cristais, dança, uma cerimónia de cacau... vai ser um sonho.
Gostava muito que viessem porque vai ser lindo demais

Uma semana de estudo profundo e alegria para as irmãs de alma no mais típico e belo português parque natural da costa sudoeste de Portugal
7 a 13 de julho de 2018
Aljezur, Costa Vicentina
Com Filipa Veiga (Professora de yoga e blogger) e Terra (professora de Hatha Yoga e facilitadora da sabedoria indígena, trabalho de corpo e espírito)
Foco: Surf, Yoga, meditação, natureza, trabalho da alma

Sobre o retiro 
Mergulhe nas raízes do seu ser e represente a maravilhosa mulher que você é. Acorde com a beleza da vida e reconheça que somos filhas da terra. Vamos mover nossos corpos em yoga e dança, relaxar em banhos de som, trabalhar com nossa intuição em fazer nossos próprios medicamentos fitoterápicos, desfrutar de uma cerimônia de cacau e compartilhar nossas histórias pelo fogo.
Este retiro é aproveitar a experiência de estar em fluxo ao surfar ondas e depender de sua compreensão do Oceano Mãe em nossas oficinas de leis da natureza temperadas com a sabedoria nativa americana.
Vamos nos unir e compartilhar nossa sabedoria coletiva.

para as irmãs da alma!
Este é um retiro de mulheres de força total que inclui
:: Yoga, Surf e introdução ao trabalho indígena ::
Meditação, pranayama, cura pelo som, cerimónia de cacau, dança intuitiva e orgânica, trabalho com flores e cristais da Amazônia, oficina de remédios naturais, alimentos orgânicos ...

Mergulhe nas raízes criativas do seu ser e incorpore a mulher bonita e poderosa que você é. Acorde para a vida e nosso potencial como curadores. Reconheça que somos filhas da terra. Nós abraçamos a nossa própria vida, chamamos a atenção para os diferentes aspectos do nosso ser, assumimos a responsabilidade e desfrutamos das nossas vidas!

Todas as infos: clique aqui


EN
Today is mother's day. One day and all of us, mothers, women, daughters, sisters, warriors. We are one and one are a whole. We who give life, who care, who nourish, who nourish.
It is a day of motherhood and fertility.
The oldest celebration of Mother's Day is mythological. In ancient Greece the entrance of spring was celebrated in honor of Rhea, the Mother of the Gods. A party that honored the custom of adoring the mother.
Isis is the Egyptian goddess worshiped as the model of mother and ideal women, protector of nature and magic. Isis is the goddess of motherhood and fertility considered to be the protector of women in particular.
We are all goddesses, let's celebrate our power to be women.
And because the Universe is full of wisdom I received a gift that I wanted to invite and also celebrate. A retreat dedicated to us alongside a beautiful sister who I follow for long and met now at the Bali Spirit Festival. Maria Terra, a beautiful and powerful girl with incredible wisdom and a very unique gift to know how to be a woman in her full.The two of us will create a dream retreat with yoga, surf, crystals, dancing, a cocoa ceremony ... it will be a dream.
A retreat dedicated to us, women, sisters. I am so happy.  I really wish you can join because it will be too beautiful.

About the Retreat
A week of deep self study and joy for soul sisters you will enjoy your stay in a a typical Portuguese house in the stunning South West Coast of Portugal
July 7 - 13, 2018

With Filipa Veiga (Yoga Teacher & blogger) & Terra (Hatha Yoga teacher & facilitator of indigenous wisdom, body & spirit work)
focus: Surf, Yoga, meditation, nature, soul work



Dive to the roots of your being and embody the wonderful woman that you are. Wake up to the beauty of life and recognize that we are daughters of the earth. Let’s move our bodies in yoga and dance, relax in sound baths, work with our intuition in making our own herbal medicines, enjoy a cacao ceremony and share our stories by the fire. 
This retreat is to enjoy the experience of being in flow when surfing waves, and depen your understanding of Mother Ocean in our laws-of-nature workshops spiced with native American wisdom. 
Let's come together and share our collective wisdom. 



for soul sisters!
This is a full power women's retreat that includes 
::Yoga, Surf & introduction to Native work::
Meditation, pranayama, sound healing, cacau ceremony, intuitive & organic dance, work with amazonian flowers & crystals, workshop of nature remedies, organic food...



The time is now to wake up your inner power as a woman, as a daughter of the earth... 
Our invitation is to drop in and work with our intuitive connection to nature in a way that serves our own path and inspires the world around us.
- With the support of the elements and nature
- by moving our bodies in Yoga, asana practice and dance
- by diving into the ocean and experimenting with the art of surfing
- by relaxing to sounds and sharing stories & songs by the fire
- by learning techniques from Native traditions (how to create sacred space, natural remedies, creativity & intuition workshops)
- and by experiencing a cocoa ceremony

... we are going to empower ourselves and ignite our capacity to heal... we will experience together and learn about take care of ourserves, and recive tools to help other sisters in our communities. 

Dive to the creative roots of your being and embody the beautiful and powerfull woman that you are. Wake up to life and our potential as healers. Recognize that we are daughters of the earth. We embrace our own life, bring attention to different aspects of our being, take responsibility and enjoy our lives!


You can see all info in the following link ~ just click here






Treats and Retreats

4.5.18

PT
Há dias que produzimos a triplicar. Como se a energia viesse de algum espaço não tangível e nos envolvesse e de repente ultrapassamos os nossos limites. Esta semana foi assim. Muitas novidades boas. Muitos retiros, festivais, coisas lindas. Para a nossa tribo, a nossa comunidade de quem quer ver  e sentir um mundo melhor já. Todos os dias. 
Daqui a uma semana nos dias 11, 12 e 13 vou voltar à Serra da Arrábida para mais um retiro mágico. Ainda temos umas vagas - vejam o link aqui.  Uma coisa que gostava de passar a mensagem, em qualquer circunstâncias todos são bem-vindos, não é necessária prática regular, nem sequer já ter uma prática. É para todos... é para experimentar, viver, partilharmos tempo de qualidade juntos e começar.. começar a respirar, a usufruir, a viver. 
Volto sempre à mesma frase com que comecei o meu livro Yoga-me ... 
«Yoga é um estilo de vida, um life-style, uma forma de estar de bem com a vida e connosco próprios. Alimentarmo-nos bem, ter uma prática de yoga diária, estarmos fortes, sentirmo-nos saudáveis.
É uma busca pelo amor, um abrir do coração e uma acalmia da mente. Como quando, numa noite de lua cheia, vemos o reflexo do luar num lago calmo e sereno. Torna-se então uma busca diária de como chegar a esse estado de perfeição e de completude. Queremos ser essa paz». 
Se sentirem, venham. Um retreat faz sempre bem. Ao corpo e cabeça. 

EN
There are those days we produce the triple. As if energy comes from some outer space and suddenly we surpass our own mental limits. This week was like that. Lots of good news. Retreats, festivals, beautiful things. For our tribe, our community of those who want to see and feel a better world already. Every day. Follow the news!
In a week from now on the 11th, 12th and 13th May,  I will return to Serra da Arrábida for another magical retreat. We still have some spots - see the link here. One thing I would like to send the message across,  everyone is welcome and no regular practice is required, not even have a practice yet. It is for everyone ... it is to experience, to live, to share quality time together and ... to start breathing, to enjoy.
I always come back to the same sentence with which I started my book Yoga-me ...
«Yoga is a lifestyle, a way of being well with life and with ourselves. Eating well, having a daily yoga practice, being strong, feeling healthy.
It is a search for love, to open the heart and achieve calming the mind. Like when, on a full moon night, we see the reflection of the moonlight in a serene lake. It then becomes a daily quest for how to reach this state of perfection and completeness. We want to be that peace. »
If you feel, come. A retreat always does well. To the body and the mind.




Meditation for the full moon day 🌕 · meditação para lua cheia

30.4.18





































PT
I journal. I breath. I take time to myself. 
Foi essa a intenção que quis colocar nesta lua cheia. Acordar e escrever. Sentir esta vontade. Honestamente tenho sentido falta, não tenho sido regular.. mas ter um blog é assim. É sermos nós. Pelo menos da maneira que eu o faço. Adoro os likes e os comentários mas eles não são a razão porque escrevo. Eles são a resposta que sinto de vocês que me lêem e que ainda hoje fico sensibilizada quando vejo que estão aí. 
Hoje é dia de lua cheia e no método tradicional de Ashtanga Yoga este é um dia de descanso. Não praticamos asanas, o que significa que também não ensinamos Mysore style. Ou seja acordei e meditei livremente sem pressão de horas pois todo o tempo que tinha podia ficar para meditar. Meditei... meditei. 
Cada vez mais me conecto com a meditação. Já uma prática de quase 14 anos da-nos uma forma diferente de a ver e sentir. Acho que só agora começo a entender como trabalhar a minha prática pessoal de asana. A base do yoga. Que depois te faz entender a meditação já que o corpo e a mente estão preparados. 
E hoje acordei e meditei também sem tempo porque as minhas filhas ficaram com a vovó e assim comecei a minha semana.. uma lua e sem filhas não é mesmo comum!
E então sentei-me a usufruir a lua, o meu espaço feminino, a minha respiração sem nada para me tirar daqui. 
Deixo aqui uma base para começarem uma meditação simples. Também podem ler no meu livro Yoga-me. 
Sente-se no chão de forma confortável e de pernas cruzadas. Se necessitar, coloque uma almofada ou um bloco por baixo das nádegas, de forma a que as suas ancas fiquem acima dos seus joelhos, desta forma, protegendo-os. As mãos podem colocar-se gentilmente por cima dos joelhos.
Foque-se na inspiração e na expiração, sentindo o ar a entrar e a sair dos pulmões e das narinas. O tempo de respiração na inspiração deverá ser igual ao da expiração.
Conte até 4 na inspiração, retenha os pulmões cheios por um segundo e expire suave e delicadamente contando até 4 de novo.
Quando inspirar, traga ar aos pulmões e a toda a caixa torácica, expandindo o peito. Traga o máximo de ar para dentro de si.
Quando expirar, faço-o de forma controlada e serena, deitando o ar para fora ao mesmo tempo que encolhe a barriga, não perdendo assim a postura direita. Sempre que se sentir a ir, volte a si, regresse ao espaço sagrado da prática.
Repita este exercício por 10 ciclos. No final, mantenha os olhos fechados e continue a respiração de forma livre, mantendo a presença na entrada e saída de ar dos pulmões.
Por fim, abra os olhos e sinta a leveza na mente e corpo. Se não tiver tempo para mais, este exercício de manhã e à noite antes de se deitar é uma excelente forma de entrar neste caminho da paz interior. 
Endireite a coluna, cresça, alongue o pescoço, relaxe os ombros e tome consciência da distância entre os ombros e as orelhas, que deve ser o maior possível. Traga o queixo ao peito de forma natural. Respire. Usufrua. Sinta. Como se sente agora?

EN
I journal. I breath. I take time to myself.
That was the intention I wanted to put on this full moon day. To wake up and write. 
Honestly I miss it, I have not been regular .. but having a blog is like that. It's being us. At least the way I do it. I love the likes and comments but they are not the reason for me to write in first place. They are the answer that I feel from you who read me - still today I am sensitized when I see that you are there. I write as a practice, as an extension of myself. And sometimes we loose the practice, yes I know it and its ok. As long as you are the truth and in truth with yourself, all is good. 
Today is full moon day and in the traditional method of Ashtanga Yoga this is a resting day. We do not practice asanas, which means that we also do not teach Mysore style. In other words, I woke up and meditated freely without pressure of hours because all the time I had I could stay and meditate. I meditated ... I meditated.
More and more I am connected with meditation. A asana practice of almost 14 years gives us a different way of seeing and feeling. I think I'm only now beginning to understand how to work my personal asana practice. The basis of yoga. That allows you to understand meditation as the body and mind are prepared.
And today I woke up and meditated without time as well because my daughters stayed with Grandma and thus I started my week .. a full moon and no mama work is not common!
And then I sat down to enjoy the moon, my feminine space, my breath with nothing to get me out of here.
Today I offer you a simple meditation. 
Sit on the floor comfortably and cross-legged. If necessary, place a cushion or a block under the buttocks, so that your hips are above your knees, thus protecting them. The hands can be placed gently above the knees.
Focus on inspiration and exhalation, feeling the air coming in and out of the lungs and nostrils. Gently. Inspiration breathing time should be the same as expiration time.
Count to 4 on an inspiration, hold your lungs full for a second and exhale smoothly and gently counting to 4 again.
When breathing in, bring air into the lungs and into the entire rib cage, expanding the chest and opening the heart. Bring as much air into yourself as you can.
When exhaling, do it in a controlled and calm way, throwing the air out while softly shrinking the belly, thus not losing your rise posture. Whenever you feel yourself going, come back, return to the sacred space of practice.
Repeat this exercise for 10 cycles. At the end, keep your eyes closed and continue breathing freely.
Finally, open your eyes and feel lightness in mind and body. If you do not have time for more, this morning and evening exercise before bedtime is a great way to get into this inner peace path.
Feel. Enjoy this journey of being and embodiment. How do you feel now?






New cycle for the new warm season

29.4.18


PT
Um novo ciclo que começa este mês de Maio. A Casa Vinyasa está a celebrar 15 anos e vai fazê-lo da melhor maneira. Vai abrir com mais horários e é com muita honra que faço parte deste novo ciclo ao lado de nomes lindos e uma equipa fantástica guiada pela nossa sensacional Isa Guitana. 
A Casa Vinyasa Cascais vai abrir todos os dias (1ª excelente novidade) e eu vou estar às segundas e quartas a partir das 7h45 até às 10h15 para vos receber e às quintas entre as 7h30 e as 8h30. 
A minha aula na Guincho Wayra House também vai recomeçar todas as quintas às 6h30pm para uma aula guiada de Ashtanga Yoga!
Todos são bem-vindos, venham experimentar! Vamos celebrar a vida juntos!
Escrevam para filipa@filipaveiga.com se precisarem de alguma ajuda. 
Namaste e até já!
Happy Full Moon 🌝

EN
A new cycle starting this May. Casa Vinyasa is celebrating 15 years and thinking of you will open more schedules and it is with great honor that I am part of this new cycle along with beautiful names and a fantastic team guided by our fenomenal Isa Guitana.
Casa Vinyasa Cascais will open every day (1st great news) and I will be on Mondays and Wednesdays from 7:45 am to 10.15 am to receive you and on Thursdays between 7:30 and 8:30 am.
My class at Guincho Wayra House will also re-start every Thursday at 6:30pm for a guided Ashtanga Yoga class!
Everyone is welcome, come and experience! Lets celebrate life together. 
Please write to filipa@filipaveiga.com if you need any help.
Namaste and see you!
Happy Full Moon 🌝














































Bali Spirit Festival - an epic 11th edition 🌟

28.4.18


PT
Esta edição do Bali Spirit foi mágica. Épica. A melhor que eu experienciei.
A primeira vez que ouvi falar no Bali Spirit Festival foi exatamente há 11 anos e na altura a minha Carlota era um recém nascido e viajar para Bali era, até para mim, difícil. Lembro-me que pedi ao Niki para visitar o evento e ele adorou, trouxe-me a primeira t-shirt que ainda hoje adoro e agora já é a Carlota que a usa! Ficou plantada a semente para sempre. 
Quando fui para Bali em 2012 um dos sonhos era fazer parte do Bali Spirit Festival. Assim que conheci a Meghan disse logo que queria fazer parte e ela respondeu entusiasticamente que sim e em menos de nada já estava a receber mails e reuniões e tudo acontece super rápido e já está. 
Comecei a tomar conta de VIPs mas cedo quis algo mais motivador e ainda me lembro que na segunda edição a tomar conta dos vips, a Meghan recebeu um telefonema a dizer que o espaço das Bakti Nights estava sem decoração e que era necessário alguém ir para lá... eu estava ao lado por alguma razão e disse-lhe logo que ia!! Ela ficou toda feliz, eu também!
Fiz tudo basicamente. Como nós dizemos, arregacei as mangas e meti os balineses todos a trabalhar, a limpar, decoramos, organizamos, demos vida. Ficou lindo. Foi um sucesso e depois desse dia não voltei a sair das Bakti Nights, no Arma Museum, que eram as primeiras noites do BSF. Sempre com música mais espiritual e ambiente mais intimista. Mas chegamos a ter noites bem divertidas de dançar até mais não! 
Foram vários anos a colaborar desta forma até que, no ano passado, a Meghan para minha surpresa e  grande honra convidou-me para dar aulas no festival! Era o que faltava e apesar de nunca ter achado que eu pudesse pisar o mesmo palco daqueles professores todos reconhecidos dos mundo... afinal estava lá ao lado deles! E não há impossíveis. 
Este foi o segundo ano que dei aulas e foi ainda mais épico, com a magia toda envolvente, de dança, música, yoga, gente linda, global, um espírito mágico, todos pareciam fadas, mágicos, seres celestes... porque ali estamos todos de coração aberto e somos apenas luz. 
Queria agradecer à minha sister Silvia Stojanovic que me acompanhou a Bali e foi a melhor amiga e assistente no Bali Spirit e ao excelente pianista Arash Behzadi que me fez a proposta linda e espontânea de tocar na primeira aula do festival. E a todos os que vieram e aos amigos lindos. Que maravilha e que benção. 
Este ano Portugal tinha uma bolsa especial e houve quem tivesse aproveitado. Vamos ver se a sorte continua do nosso lado para podermos continuar a ter um acesso especial! Por favor marquem o mês de Março 2019 para o BaLi Spirit Festival e prometo que me vão agradecer. É lindo, é mágico, é uma experiência que devemos ter pelo menos uma vez na vida. Qualquer coisa perguntem!

E a grande grande grande novidade é que é vamos ser agraciados com um Bali Spirit em Portugal.. sim um Cascais Spirit Festival!! Registem-se já para saber todas as novidades. 

as fotos lindas são do Jason Moon um fotógrafo fantástico que vem viver para Portugal e da maravilhosa Chloe Slattery   - thank you both if you for capturing this amazing moments. 

EN
This edition of the Bali Spirit was magical. Epic. The best I've experienced.
The first time I heard about the Bali Spirit Festival was exactly 11 years ago and at the time my Carlota was a newborn and traveling to Bali was, even for me, difficult. I remember asking Niki to visit the event and he loved it, he brought me the first t-shirt, I still love it today and in fact Carlota wears it now. The seed was planted forever.
When I went to Bali in 2012 one of the dreams was to be part of the Bali Spirit Festival. As soon as I met Meghan I said Iwanted to be part of it and she responded so enthusiastically - open week later I was already receiving emails and meetings and everything happens super fast and very fast I was already part of a team of amazing creative people. 
I started taking care of VIPs but soon wanted something more motivating and I still remember that in the second edition, Meghan received a phone call saying that the space of the Bakti Nights was without decoration and that someone needed to go there ... I was next to her for some reason.. so I told her I would go and so did I! She was all happy, me too!
I did everything basically. Myself and a team of sweet Balinese we started to clean, to decorate, to organize, to give life. It became beautiful. The following nights were a success and after that day I never left the Bakti Nights at the Arma Museum. More spiritual music and a more intimate atmosphere ( we as well had some fun evenings of dancing and so much fun!)
It was several years of collaborating until, last year, Meghan to my surprise and great honor invited me to teach at the festival! It was what I lacked and although I never thought I could step on the same stage of those professors all recognized of the world ... after all it was there beside them! And there is nothing impossible.
This was the second year I taught and it was even more epic, with magic all around, dance, music, yoga, beautiful people, global, a magic spirit, everyone looked like fairies, magicians, celestial beings ... because there we are all open-hearted and just light.
I wanted to thank my sister Silvia Stojanovic who accompanied me to Bali and was the best friend and assistant in Bali Spirit and the excellent pianist Arash Behzadi who made me the beautiful and spontaneous proposal to play in the first class of the festival. What a wonder and what a blessing.
Please mark the month of March 2019 for the BaLi Spirit Festival and I promise you will thank me. It's beautiful, it's magic, it's an experience we should have at least once in our lives. 

And the biggest news.. we will have a Bali Spirit coming to Portugal! Yes!! Cascais Spirit Festival - join the mailing list and be the first to know all about it. 

the amazing pictures are from  Jason Moon an amazing photographer who is moving to Portugal  and the beautiful  Chloe Slattery   - thank you both if you for capturing this amazing moments. 































Bali always in my ❤️

18.4.18


PT
Foi um mês mágico. de regresso às minhas origens, a uma Ásia bem profunda onde cresci, onde vivi as minhas mais mágicas experiências, onde tenho o meu coração, onde me tornei mulher, onde sinto o meu lado espiritual alinhado, onde as minhas filhas passaram quase 4 anos de vida.
Ao longo dos próximos posts vou contando esta minha viagem. espero que sintam o que descrevo e que se inspirem a vir comigo numa destas viagens.
Que temporada mágica na ilha dos deuses. Bali sempre a oferecer o melhor a quem está de coração aberto para receber, para oferecer, para crescer. 
E, de novo, apaixonada por Bali. A ilha tem efeitos especiais em nós... e eu já passei por muitas fases. a primeira fase quando cheguei foi muito intensa, um processo de limpeza, de cura que eu não sabia que teria de passar e que foi bem difícil. tive dores físicas durante 6 meses, não dormia, assustava-me com os barulhos da selva, via monstros e tive pesadelos como nunca antes... os deus de Bali falaram comigo e avisaram-me que a minha vida estava prestes a dar uma volta de 180º... e que mudança. 
foi difícil mas foi sem dúvida a melhor transformação da minha vida. entrei no caminho que me esperava... 
Desta vez fui sem as minhas filhas. Custou, vi-as a correr nas ruas, a saltar nas piscinas, a beber água de coco em casa esquina. Fui comer aos nossos restaurantes preferidos e ouvi-as a pedir a sua comida favorita, a falar Bahasa Indonésio, a pintar mandalas por cima das mesas, a correr de pés descalços por todo o lado. 
Foi emocionalmente forte. Voltar a um sítio por onde passamos tanto, por onde as minhas filhas cresceram e foram para a escola, a Green School. Por onde mudei a minha vida, por onde abri o meu coração para ensinar yoga, algo que não sabia que ia acontecer. Por onde conheci pessoas fabulosas que tanto me ensinaram, nunca tinha estado entre uma comunidade de yoga como a que existe em Ubud. E viver nela e fazer parte dela foi uma das maiores transformações que aconteceram na minha vida.
Em Ubud há uma comunidade espiritual. Pessoas que mudaram as vidas e escolheram o caminho espiritual, conectadas, a viver em função dos nossos ciclos e os da natureza, a fazerem pela mudança individual e no planeta. Uma comunidade de entre ajuda, de verdadeiro yoga. E porque assim é temos uma novidade maravilhosa que em primeira mão para quem me segue... o Portugal Spirit Festival vai chegar. Bali vem para Portugal. Esse sempre foi o que os healers de Ubud me diziam, que eu ia trazer Bali a Portugal. Estejam atentos. Juntem-se a nós visitando o site Portugal Spirit Festival e inscrevam-se na mailing list para receberem novidades e updates! Yeah Bali veio para ficar! 

ps: e quem se quiser juntar a mim para um retiro de yoga na mágica Serra da Arrábida e saber de todos os detalhes sobre Bali junte-se a mim para as últimas vagas... basta clicar aqui e estão lá todas as infos 


EN
It was a magical month. Back to my origins, to the sources, to a deep Asia where I grew up, where I lived my most magical experiences, where I have my heart, where from a child I became a woman, where I feel my spiritual side aligned, where my daughters spent almost 4 years of their life.
What a magical season on the island of the gods. Bali always offering the best to those who are open-hearted to receive, to offer, to grow.
And again, in love with Bali. The island has special these effects on us ... myself I have been through many stages. when I arrived it was very intense, a process of cleansing, of healing that I did not know I would have to go through. I had physical pains for 6 months, I did not sleep, I was scared by the noise of the jungle, I saw monsters and I had nightmares like never before ... the gods of Bali spoke to me and  warned me that my life was about to take a 180º change ... and what a change.
It was difficult but undoubtedly the best transformation of my life. I entered the path that awaited me... I opened my heart to teach yoga, something I did not know was going to happen. Where I met fabulous people who had taught me so much, I had never been among a yoga community like the one in Ubud. And living in it and being part of it was one of the biggest transformations that happened in my life.
As always in Bali, It was emotionally strong. Back to a place where we spent so much, where my daughters grew up and went to the Green School, where we attended cerimonies. It was strange to be  without my daughters. I saw them running in the streets, jumping in the pools, drinking coconut water... I eat in our favourite restaurants and I heard them speaking Bahasa Indonesian, running barefoot all over the place.
In Ubud there is a spiritual community. People who have changed lives and chosen the spiritual path, connected, living by our cycles and those of nature, to do for individual change and on the planet. A community of help, true yoga. And because that's the way it is we have a wonderful news that first hand for those who follow me ... the Portugal Spirit Festival will arrive. Bali comes to Portugal. That was always what the healers of Ubud told me, that I was going to bring Bali to Portugal. For the first time from September 14-17th in Cascais! More details to come very soon. Stay tuned join our mailing list Portugal Spirit Festival to receive all the news and updates. Bali is here to stay.